finding-your-passionA maioria das pessoas está insatisfeita com o rumo que a vida tomou. Não gostam mais do trabalho que executam há anos. Estudantes no último ano de faculdade não sabem se escolheram a carreira certa.

O ritmo de vida frenético em que vivemos paralisou nosso cérebro, e parece que não realizamos as escolhas adequadamente. A situação toma a decisão por nós. Vivemos conforme a maré. E a insatisfação cresce a cada dia.

Descobrir o propósito da sua vida, ou melhor, descobrir a sua verdadeira paixão, mudará o rumo da sua vida.

Eu cursei direito, sou advogado. Mas não é a minha paixão trabalhar como advogado empregado. Esse naõ é o estilo de vida que quero ter no futuro.

Esse sentimento é comum a muitas pessoas. Tenho conversado com muitos amigos e os vejo com os mesmos dilemas.

Mudar simplesmente de carreira resolve? Não, a menos que você reflita profundamente sobre seus princípios, motivações e afinidades.

Encontrar o seu propósito na vida permite:

  • Viver a vida intensamente. Atingir a plenitude na vida é algo que está em nossas mãos. Ao encontrar sua paixão você poderá direcionar sua vida em direção a ela.
  • Realização Profissional. Realizar-se profissionalmente é um dos maiores frutos. Considerando que a maioria das pessoas passa mais de 1/3 do dia trabalhando, e as conseqüências que o trabalho gera em outras áreas da sua vida, esse certamente é o maior benefício.
  • Maior Potencial de Sucesso. É certo que muitas pessoas enriquecem fazendo aquilo que não gostam. Mas quanto mais você gostar da sua atividade profissional maiores serão as chances de alcançar o sucesso.

Afinal, como descobrir sua paixão?

Encontrar sua verdadeira paixão é algo raro nos dias hoje. As pessoas flutuam de uma atividade para outra sequer sem refletir sobre aquilo que estão executando.

Você é responsável pelo seu futuro. O fato de você ter chegado até essa altura do texto provavelmente significa que você ainda não sabe qual é a sua paixão. E está ansioso por obter essa resposta.

Então, vamos a ela.

Paixão: O Essencial

Para encontrar sua paixão você deve olhar para si mesmo. A vida é única para que você passe por ela sem deixar sua marca. E poucas pessoas conseguem deixar alguma marca se não gostam do que fazem.

Quais são seus hobbies? O que você gosta de fazer no tempo livre?

Responder a essas perguntas diz muito sobre você. Considerando que no tempo livre você escolhe suas atividades, esse é um bom início para que você descubra sua paixão. Gosta de cozinhar? Gosta de cachorros? Atividade física?

Livros, filmes e revistas.

Quais são seus livros/filmes/ revistas preferidos? Existe algum padrão entre eles? Quais os últimos livros que você leu? Quais as últimas revistas que você comprou? Mais uma vez, seu interesse diz muito sobre o que você gosta de fazer.

Quando você lê o jornal, qual caderno procura primeiro? Esporte, fofoca ou a sinopse das novelas? Essas decisões em grande parte são inconscientes e, por isso, poderosas para determinar a sua verdadeira paixão.

Quais são seus objetivos de vida?

Lembra dos seus sonhos de criança? O que queria ser quando crescesse? Qual profissão queria exercer? Consegue visualizar-se exercendo essa atividade?
Mais do que isso, aonde quer estar daqui a cinco ou dez anos? Como quer estar? Se fosse lhe fosse concedido algum desejo, o que escolheria?
Permita-se sonhar, para que consiga encontrar seu verdadeiro propósito.

O que quer fazer para o resto da vida?

Geralmente essa pergunta é bastante impactante. Pra mim foi e determinou uma grande mudança na minha vida profissional.

Eu não me via advogado atuando para outros escritórios para o resto da vida. Idealizar o futuro permite identificar seus propósitos mais profundos.

O que faria mesmo de graça?

Não estou dizendo um trabalho pró-bono. Estou me referindo a trabalhar gratuitamente. Por exemplo, este site é uma diversão para mim, pois amo o que faço. No futuro próximo eu o transformarei numa fonte de renda, ou seja, num negócio. Desde o primeiro dia que o criei tive essa intenção. Mas ainda estou no meio do caminho, se não recebo nada por todo o trabalho aqui dispendido.
Você deve estar disposto a trabalhar de graça. E isso só é possível se você estiver atuando na área que você gosta.

O que coloca um sorriso no seu rosto?

Eu estava lendo um artigo da Oprah (famosa apresentadora americana, com sucesso similar ao Silvio Santos). Ela dizia ter lido um artigo que questionava qual era a última vez que tinha sorrido por executar alguma atividade específica. Segundo ela, isso tinha acontecido há sete anos. 7 anos!

Sete anos é muito tempo. Não recomendo a ninguém trabalhar por sete anos em algo que você não gosta, ou que não o faça feliz.

Como eu já disse antes, 1/3 do seu dia você passa trabalhando. Se este 1/3 não o fizer feliz, provavelmente você não alcançará a plenitude nos outros 2/3.

O que você acha fácil fazer?

Para muitas pessoas encontrar sua paixão está relacionado àquilo que acha fácil. Particularmente pra mim é muito fácil escrever. Não sou um escritor. Mas tenho facilidade para escrever e comunicar minhas ideias.
O que você acha fácil fazer? Quais são suas aptidões naturais?

Sobre o que gosta de conversar?

Tenho um amigo que gosta de futebol. Ok, eu também gosto. Mas ele gosta de discutir futebol. Eu odeio discutir futebol.

Não tenho dúvidas de que ele deveria criar um site e gerar discussão sobre futebol. Melhor dizendo. Ele poderia criar um site sobre o time do coração, Corinthians.

Sobre o que você gosta de conversar? O que passaria horas falando sobre? Não precisa ser muito inteligente para saber que você não conseguiria escrever sobre um tema que não possui a menor afinidade por um longo tempo.

Em qualquer trabalho a motivação é o combustível necessário para que você execute suas tarefas diárias. E não exista motivação que sobreviva à indiferença.

Essas perguntas são o ponto de partida para a busca da sua paixão.

Você não deve simplesmente ler este artigo e esquecê-lo; provavelmente a maioria fará isso. Mas se você o leu até aqui é porque ainda não descobriu a sua paixão.

Releia o artigo calmamente. Reflita sobre cada frase. Pare em cada um dos oito itens acima.

Pegue um papel e caneta e anote cada ideia que surgir na sua mente. Nesse momento você não deve se limitar. Simplesmente escreva. Não critique nenhuma ideia que surgir.

Após lançar no papel todas as suas ideias, converse com as pessoas mais próximas. Pergunte o que elas tem a dizer sobre você. Pergunte a opinião deles sobre seus pontos fortes e fracos.

Mais. Aproveite para descobrir se eles já encontraram suas paixões.

Você não encontrará sua paixão em poucos minutos, ou até mesmo em uma ou duas horas. Invista ao menos uma semana analisando o conteúdo deste artigo, em contraposição às suas respostas.

Encontrar e seguir sua paixão fará você se sentir completo. E sentir-se completo permitirá você encontrar a felicidade e aumenta, exponencialmente, suas chances de alcançar o sucesso.

Invista o tempo necessário, pois o retorno é garantido.

E você já encontrou sua paixão? Como você fez para encontrá-la?